Menu

Entrar / Cadastrar

Outubro Rosa

Outubro Rosa

Outubro Rosa

Um pouco de história nunca é demais para lembrarmos da importância desse mês. Este movimento começou na década de 90 (noventa) nos Estados Unidos.

O Símbolo

O laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York; esta corrida desde então é realizada todos os anos.

O Principal foco é sensibilizar a sociedade, em especial as mulheres, sobre a importância da prevenção, do diagnóstico precoce e do tratamento adequado do câncer de mama.

Algumas pessoas devem estar se perguntando quem é Susan G. Komen?

Aos 33 anos, Susan teve câncer de mama. Nancy a irmã de Susan relata que ela sempre estava de bom humor.

Nesse ínterim Nancy promete a Susan, que faria tudo o que estivesse ao seu alcance para acabar para sempre com o câncer de mama. Contudo em 1982, essa promessa tornou-se a organização Susan G. Komen,  e o início de um movimento global.

A princípio começou com 200 dólares e uma caixa de sapatos cheia de potenciais doadores. Tornando-se na maior fonte de financiamento sem fins lucrativos do mundo para a luta contra o câncer de mama.

Assim,  até o momento, foram quase 3,6 mil milhões de dólares em investigação inovadora, divulgação de saúde comunitária, defesa de direitos e programas em mais de 60 países.

Brasil

O movimento se espalhou pelo mundo e hoje o “OUTUBRO ROSA” é uma campanha internacional de conscientização sobre o câncer de mama.

A participação das mulheres brasileiras é fundamental; não importando a idade, classe social e religião. Compartilham informações através das redes sociais, participar de eventos, palestras nas instituições de saúde, nos torna mais fortes para enfrentar as diversidades do câncer de mama.

Em suma, infelizmente ainda existe na imensidão do nosso Brasil mulheres que desconhecem a importância de fazer o autoexame e da mamografia.

Desde 2008 a “Lei da 11.664”, determina que todas as mulheres entre 40 e 49 anos de idade tenham o direito de realizar mamografia de rastreamento, uma vez por ano através do SUS, ou seja, independentemente de fatores de risco.

Sobretudo fazer a mamografia anualmente pode ser determinante para a saúde. Ao ser detectado precocemente o câncer de mama e iniciarmos o tratamento o quanto antes, aumentamos a probabilidade de que a doença possa ser extinta.

Um simples “TOQUE” na mama, podemos realizar  o autoexame e sentir qualquer mudança na pele ou alterações como caroços, protuberâncias ou outra anormalidade. Uma prática simples que tem como propósito ajudar a detectar precocemente problemas na mama, incluindo o câncer de mama.

Certamente o apoio é fundamental, muitas mulheres que enfrentaram ou enfrentam o câncer de mama se unem para oferecer apoio emocional e compartilhar suas experiências. Estes grupos de apoio e redes de solidariedade desempenham um papel importantíssimo para a autoestima.

Não deixe para amanhã, escolha “VOCÊ”, se autoexamine.

Compartilhe: